Aterrorizadan: Natal Sangrento (1984)



(Imagem: Divulgação)

Dezembro chegou e, com ele, uma das épocas que eu mais amo de todas. Estou falando do Natal e tudo envolvendo essa data tão especial para muitos. Eu, como minha parceira de crime de podcast, sou apaixonado por filmes natalinos e sempre faço altas maratonas com essa temática quando chega o mês doze.

Não é por outra que o Aterrorizadan dessa semana entra nesse clima natalino e traz para vocês Silent Night, Deadly Night ou como ficou conhecido no Brasil, Natal Sangrento. O filme é um slasher de 1984 que deu início a uma franquia aqui e teve várias polêmicas durante seu lançamento. Mas calma, vou discorrer melhor sobre isso mais abaixo.

Lançado em novembro de 1984, o filme traz como protagonista o jovem padrão Billy (Robert Brian Wilson, no auge de sua beleza) de 18 anos, que na sua infância presenciou a morte dos seus pais de uma forma bem grotesca e durante sua estadia no orfanato ele foi abusado. Essa triste trajetória ativou gatilhos dentro do jovem Billy, que acabou libertando dentro de si, na época do natal, um instinto psicótico e saiu a torta e a direita matando.

O gatilho do jovem Billy foi causado ao ser forçado a se vestir de Papai Noel, o que lhe fez recordar do assassino dos pais, que foi um homem louco também vestido de bom velhinho. Isso lhe causou uma quebra na mente e libertou uma persona psicopática e doente.

Natal Sangrento tem uma premissa bem clichê, que segue todos os clichês do slasher, nesse aspecto a gente já sabe desde o início quem é o assassino e só esperamos saber como ele vai parar. Alias, eu sinto até certa pena do pobre Billy devido a sua estrada extremamente problemática e dolorosa.

Durante o lançamento do filme, claro que houveram vários protestos devido ao fato do filme ser vendido como “Um filme de Natal” e a sociedade conservadora não aceitou um assassino vestido de Papai Noel, tirando toda a pureza adquirida pela data. Por conta desses protestos, o filme chegou a ser retirado dos cinemas após uma semana do seu lançamento, mas o sucesso já tinha chegado. O filme conseguiu bater o icónico A Hora do Pesadelo, lançado no mesmo ano do mestre do terror Wes Craven. Com apenas dez dias de exibição, o filme arrecadou 2,5 milhões de dólares.

Desde seu lançamento, o filme obteve um estigma de filme cult e na cultura pop já arrecadou diversas homenagens. Ao longo dos anos foram produzidas cinco sequências e um remake no ano de 2012, de mesmo nome do original. E como Hollywood gosta, ano que vem teremos mais um remake, vindo da mesma produtora que vai fazer o novo filme da franquia Olhos Famintos.

Na minha opinião, só o original vale a pena. Um pequeno grande clássico do slasher sobre um assassino padrão vestido de Papai Noel, com um sorriso encantador e um olhar maligno. Quem não compra isso, galera? hahaha. O filme tá disponível na grande locadora virtual e, se eu não me engano, acha fácil no Youtube, legendado e dublado. Então, um programinha diferente nessa época natalina.

Veja o trailer abaixo:

Adan Cavalcante
Adan Cavalcante

Para saber mais sobre o/a autor/a, acesse a aba "Quem Somos".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilha sua opinião! ♥

Autoria de Clube do Café da Manhã. Tecnologia do Blogger.