Aterrorizadan: Dia dos Namorados Macabro (1981)

(Imagem: Divulgação/Paramount)


Já foi dito aqui o quanto o terror gosta de aterrorizar datas comemorativas. Temos o Halloween, o Natal, o dia da mentira e claro, não podemos deixar de lado o Dia dos Namorados. Comemorado no dia 14 de fevereiro em solo norte-americano, a data de São Valentim engloba todos os tipos de amor, diferente do dia dos Namorados brasileiro. O nome dado a data vem do santo que é enaltecido, o Valentim, por isso Valentine's Day.

Não era de se demorar que uma hora ou outra, essa data ganharia um especial no cinema slasher e pelas mão do diretor George Mihalka, foi lançado My Bloody Valentine ou Dia dos Namorados Macabro. O filme é canadense e teve seu debut há exatos 41 anos, no dia do de hoje em 1981. O filme teve uma arrecadação modesta e ao longo dos anos, veio recebendo o fator cult ao seu redor. O filme foi bastante censurado devido as suas cenas gore e teve quase 10 minutos cortado, sendo lançado pela Lionsgate em 2009, uma edição em DVD e Blu-Ray com essas cenas adicionais, no mesmo ano foi lançado o remake com o Jensen Ackles estrelando.

Formado por um elenco de rostos desconhecidos, o filme tem inicio no ano de 1961, no dia dos namorados, dois mineiros estão caminhando pelas minas quando um deles tira a roupa e na verdade é uma mulher. A personagem tenta tirar a roupa de seu companheiro quando ele dá uma leve surtada e mata a garota a empurrando numa picareta que a acerta bem nas costas.

Em meio a uma festa de Dia dos Namorados, a mina explode deixando todos mortos. Pelo menos é isso que achamos, pois uma lenda começa a correr pela cidade que um tal de Harry Warden não morreu e está atrás de vingança a todos no dia dos namorados.

(Imagem: Divulgação/Paramount)

Vinte anos se passa, o prefeito atual decide reabrir o baile dos dias dos namorados, deixando os adolescentes da cidade empolvorosos. Mas claro, que isso não vai dar nada certo e logo, novos assassinatos começam a ocorrer, e um a um vão sendo aniquilados pelo cara vestido de roupa de mineiro. Em meio a isso tudo, os policiais começam a receber pacotes contendo corações humanos.

O assassino do filme é extremamente assustador, com a roupa de minerador e a respiração ala Darth Vader, você fica toda hora agoniado com o modus operandis dele. As cenas em que vemos os personagens pela perspectiva dele, você fica ansioso sem saber o que vai ocorrer em seguida e dá aquela vontade de gritar pra tela "BICHA, SAI DAI". 

O filme é bastante clichê, contendo toda a fórmula bastante conhecida hoje em dia nos clichês. Mas vamos considerar que na época era bastante revolucionário e deve ter assustado bastante o público da época. Como eu falei acima, infelizmente o filme acabou sendo cortado e algumas cenas fica meio sem sentido, tendo uma continuidade bastante arruinada, mas nada que prejudique bastante a imersão do filme.

Em 2009, o filme ganhou um remake a altura do original que eu gosto bastante e tem cenas bastante gore, como o original. O Jensen Ackles tá perfeito como sempre e esse perfil vai enaltecer o Dean Winchester sempre.

Dia dos Namorados Macabro está disponível no Darkflix e vale muito a pena quem tiver interesse ir assistir essa perola das noites da Globo. Infelizmente, o filme só tem a opção dublada, mas o trabalho é muito bem feito e dá aquela sensação de assistir na TV aberta, como nossos ancestrais faziam.

Nota: 8/10



Adan Cavalcante
Adan Cavalcante

Para saber mais sobre o/a autor/a, acesse a aba "Quem Somos".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilha sua opinião! ♥

Autoria de Clube do Café da Manhã. Tecnologia do Blogger.