CAFÉ COM PAUTA: O cantor Lucke fala sobre seus novos projetos

Lucas Rodrigues, ou mais conhecido como Lucke, é um cantor, apresentador, modelo, DJ e publicitário por formação, que vem chamando muita atenção nos últimos tempos. Seu primeiro EP foi lançado em 2020, intitulado Meu Mundo, e agora ele anda se preparando para o lançamento do próximo. Na última semana, Lucke trouxe a público seu mais novo trabalho, o single da nova era “E Se Eu Ficar com Medo…”, faixa com uma sonoridade mais romântica. A música teve o lançamento em conjunto com o clipe no dia 01 de junho, para começar o mês dos namorados da melhor forma possível. Além do projeto solo, Lucke também participou do videoclipe de Amigos, música da cantora Anny Diaz, que já tinha uma colaboração com ele chamada Avalanche. O garoto realmente não para.

Para celebrar essa nova fase, Lucke bateu um papo super divertido com o Clubinho e falou um pouco sobre o novo projeto e o que mais podemos esperar dele. Confira abaixo:

Lucke, você é uma pessoa que ama música, isso já está muito claro (risos), mas a gente quer saber o que você traz das suas influências para o seu trabalho?

R - Com o passar do tempo a gente amadurece muito o que influencia nossa arte, digo como alguém que começou a compor com 14 anos de idade e o que me influenciava eram composições brilhantes e coloridas onde nada era difícil e viver era um mar de rosas. Hoje, eu sei que existe todo um gigantesco processo antes de chegar nesse pote de ouro, e é isso que me move.

Quero transformar a vida das pessoas! Trazer uma perspectiva diferente, onde elas vejam que existe alguém, em algum lugar do mundo que também já se sentiu completamente perdido mas conseguiu achar um sentido de continuar ali. Minha maior inspiração, hoje, é a conexão, a transformação, o renascimento.

Clipe com Anny Diaz (Imagem: Reprodução/YouTube)
Essa nova fase, com esses novos lançamentos e tudo mais. Conta mais sobre esse projeto, tanto a música “E Se eu Ficar com Medo…”, quanto o novo EP completo que está por vir:

R - “E se ficar com medo…” foi uma música que comecei a escrever em meados de 2018/19, e a ideia inicial era ser uma música sobre amizade. A música deveria ter entrado para meu primeiro EP “Meu Mundo”, mas não consegui deixar do jeito que eu queria. Não era o momento dela.

Na época, eu estava em um relacionamento e decidi modificar o sentido da música, a única coisa que restou da versão original foi o ritmo e refrão. Tentei colocar todo aquele sentimento de relacionamento perfeito e idealizado pra fora, mas ainda assim não consegui finalizar… ainda não era o momento.

Em 2021, senti algo que me fez querer insistir nessa música, e boom! Finalmente consegui finalizar! Eu não sou uma pessoa mega romântica, na verdade eu sou bem racional e difícil quanto a relacionamentos amorosos, mas cada palavra dessa composição foi colocada com extremo amor e verdade. Do início ao fim. Ela foi construída, da mesma forma que o sentimento é, de tijolinho em tijolinho.

“Se eu pudesse definir esse projeto, acho que a frase mais adequada seria: Vai dar tudo certo, independente do que o certo seja.”  

Além da letra, pensei muito em como seria a produção, queria algo angelical e ao mesmo tempo que me remetesse a algo que almejo, sabe? Então decidimos colocar a energia de um fim de tarde na praia, ao som de um ukulele, céu cor de rosa, quebra de ondas e pássaros desejando um “feliz ciclo novo”! Esse single faz parte do meu novo EP, que deve sair em setembro de 2022! Se eu pudesse definir esse projeto, acho que a frase mais adequada seria: Vai dar tudo certo, independente do que o certo seja.

Essa, inclusive, é a frase de uma música que finaliza o projeto. É sobre minha jornada de autoconhecimento, sobre como conseguir enfrentar meus demônios, como experienciei o mundo e como cheguei até aqui. Tudo contato da forma mais divertida e criativa possível.

E quais foram as inspirações para o seu novo EP?

R - Cada música tem uma cor. Eu sou publicitário, precisei trazer um pouco esse lado pro meu projeto. Se você perceber, cada música já lançada teve uma identidade visual com uma cor diferente.

Em “Quem são os teus amigos?” eu trouxe o verde, com a esperança de um futuro melhor e mais livre. Em Aurora, o cinza, a cor do equilíbrio, que é exatamente sobre o que a música fala, do meu próprio herói. Do descontrole ao equilíbrio. E em “E se ficar com medo…” eu trouxe o rosa, a cor do companheirismo, doçura, paixão.

São clipes que decidi colocar mais emoção do que super produção. Afinal, cada um deve interpretar a letra da forma que achar melhor, concorda?

Tratando-se de carreira, tem alguma parceria que seria um grande sonho realizado?

R - Definitivamente a Katy Perry. Todo mundo sabe que eu sou o maior Katycat desde 2009, então com certeza fazer música com ela seria surreal pra mim. Mas, caindo um pouco mais na real, voltando para um cenário mais real (porém ainda sim, surreal hahahaha) eu acho que seria incrível compor com a Manu Gavassi! Ela é um gênio!



(Imagem: Divulgação/Katy Perry)

Você é um sucesso nas redes sociais, quem acompanha você por elas consegue notar bem isso. O que você diria para os seus fãs esperarem dessa nova fase e para o futuro?

R - Mais do que nunca que esperem a minha versão mais intensa, verdadeira e falante.

Eu definitivamente quero levar um depoimento de alguém que também passa por coisas intensas na vida, alguém que já pensou em desistir inúmeras vezes, mas continuou de pé. Quero levar as pessoas a um novo nível de perspectiva e meu projeto não é só musical, vai ser uma experiência completa e imersiva no meu processo criativo.

Ok, essa pergunta não pode ficar de fora, já que só se fala em Stranger Things nas redes sociais e por todos os lugares. Nessa temporada atual temos o monstro Vecna e sua maldição, que pode ser interrompida, de certa forma, com a sua música preferida – ou alguma que goste muito. Então, vamos lá, divide com a gente: qual a música que te salvaria do Vecna?

R - Difícil! Mas não vou ser tão previsível e escolher alguma da Katy Perry, ok? No momento, a música que me salvaria do Vecna seria New Perspective do Panic! At the Disco. Depois de alguns anos decidi [me] reviciar nela.



Para conhecer mais o trabalho do Lucke, é só procurar nos melhores streaming de áudio ou no YouTube. Abaixo vocês podem conferir o clipe para o single "E Se Eu Ficar com Medo...". Bora tacar streaming na lenda?




Adan Cavalcante
Adan Cavalcante

Para saber mais sobre o/a autor/a, acesse a aba "Quem Somos".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilha sua opinião! ♥

Autoria de Clube do Café da Manhã. Tecnologia do Blogger.